Programação é arte?

Programação é arte? Vitor e Leonardo começam com essa pergunta e exploram a relação entre criatividade, arte e nosso dia-a-dia com código. Mas não pára por aí: os dois tergiversam sobre o conhecimento que os programadores e programadoras têm da própria área, fazem observações sobre estética que envergonhariam um filósofo e conversam sobre a falta de modéstia que muitos programadores (provavelmente frequentadores assíduos do Hacker News) têm em relação a outras atividades.